Destaques

Mancer Twilight - unboxing e primeiras impressões

Imagem
Já faz algum tempo que eu estava atrás de novos fones de ouvido, e foi quando comecei a pensar na possibilidade de adquirir um headphone ao invés de fones de ouvido auriculares ou mesmo TWS. Porém, como não sou um usuário muito exigente, não estava disposto a gastar muito com isso, tendo em vista que existem headphones realmente caros por aí. Foi então que eu considerei a possibilidade de adquirir os fones de ouvido da Mancer, modelo Twilight, que se posiciona como um dos modelos mais baratos da marca. Pois bem, eu adquiri e gostaria de deixar minhas impressões a respeito desse headphone baratinho com cabo e RGB. Introdução Como dito anteriormente, o Mancer Twilight é o headphone com cabo (sim, ele não é Bluetooth) mais barato da marca. Você pode encontrá-lo na Shopee, Amazon ou mesmo no Mercado Livre. Esse modelo eu adquiri na loja da Pichau com uma promoção bastante interessante. Ele é um headphone feito inteiramente em plástico, com cabo e um LED RGB em ambos os lados, além de um mi

Teclado Redragon APS TKL: unboxing e primeiras impressões


Olá pessoal! Recentemente estava em busca do meu primeiro teclado mecânico, depois de utilizar tantos teclados de membrana, para substituir o meu bom e velho Logitech MK220, pensando no custo-benefício, e para a minha surpresa existe uma infinidade de opções de tudo quanto é tipo, marca e preço, até que encontrei uma opção dentre tantas que me chamou bastante a atenção. Foi o Redragon APS, um teclado mecânico de entrada relativamente novo, padrão ABNT2, com design slim, formato TKL e um preço bastante interessante. 


Por que escolhi o APS?

Há alguns meses eu já estava atrás do meu primeiro teclado mecânico depois de ler e assistir inúmeras postagens sobre o universo dos teclados mecânicos. Eles possuem muitas vantagens as quais sobressaem as vantagens dos modelos de membrana. É relativamente comum encontrarmos modelos convencionais, com teclas (keycaps) grandes e altas, mas as fabricantes perceberam que um certo grupo de pesoas preferem teclados mais finos, com curso de atuação das teclas reduzido, garantindo maior conforto ao digitar ou mesmo jogar.


Foi então que começaram a surgir modelos slim, como é o caso do Redragon APS, embora atualmente temos muitas opções disponíveis de outras marcas como a Logitech, Keychron, HyperX entre outras. Como eu vim de um teclado slim, imaginei que sair dele para outro modelo assim proporcionaria uma transição mais confortável. Eu escrevi essa postagem com ele e já adianto que as impressões foram positivas!


Características

O Redragon APS é um teclado mecânico RGB no formato TKL (Ten Key Less), ou seja, ele possui todas as teclas de um teclado Full Size, exceto as 10 teclas numéricas. Elas possuem um design mais fino que o convencional, assim como os switchs da própria marca, que também são mais finos. Seu corpo é composto por aço na cor preta na parte superior e plástico preto na parte inferior. As principais especificações técnicas incluem:

  • Marca: Redragon;
  • Modelo: K607- RGB;
  • Idioma e layout: ABNT2 no formato TKL com o corpo em plástico e metal;
  • Tecnologia: Chroma RGB controlável via Software ou por teclas de atalho;
  • Sistema On-the-Fly;
  • Switches: Redragon blue com formato slim, resistência à poeira e tecnologia Hot Swap;
  • Teclas: perfil baixo com tecnologia Double Shot;
  • Suporte de inclinação emborrachado ajustável;
  • Conexão: USB tipo C com cabo removível;
  • Compatibilidade: Windows XP, Vista, 7, 8 e 10, Chrome OS e Sistemas Operacionais Linux a partir do kernel 2.6;
  • Garantia de hardware de 1 ano;
  • Dimensões: 353mm (L) x 123mm (A) x 22mm (P);
  • Peso: 582 gramas;
  • Preço: R$199,00 (Kabum).
    

Conteúdo da caixa

Dentro da caixa encontramos o teclado Redragon APS na cor preto, um adesivo da marca, um cabo USB tipo C de 1,5 metros, uma chave removedora de keycaps e outra removedora de switchs. Além disso, também encontramos cinco switchs de reposição e, por fim, temos um guia de acesso rápido e nada mais.


O modelo que adquiri possui switchs Redragon blue, que acredito serem equivalentes aos Outemu, mas também está disponível uma versão com switchs brown da própria marca. Também existe uma versão com suporte a conexão Bluetoth vendida sob importação (você pode conferir aqui).

Primeiras impressões

Como eu disse anteriormente, este é o meu primeiro teclado mecânico depois de passar por uma longa jornada de teclados de membrana baratinhos. A primeira impressão que eu tive foi: que teclado pesado! Para uma teclado TKL slim, ele não é tão leve assim, pesando perto de 600 gramas, mas isso se deve ao fato de seu corpo robusto ser composto por plástico e aço, que deixa bastante marcas de dedo por sinal. Por outro lado, ele é bastante firme e flexiona muito pouco, além de seu peso extra garantir mais estabilidade sobre a mesa.


O segundo ponto que eu notei foi em relação ao seu funcionamento. Apesar desse modelo utilizar os switchs Redragon blue, que possui o feedback sonoro característico, temos a impressão de que ele é um pouco mais comportado nessa versão slim. A resistência de acionamento não é tão grande assim, sendo mais mole e gostoso de digitar que um teclado de membrana. 



Curiosamente, a tecla cedilha possui uma tipografia diferente do restante do teclado:


Seu design é bastante compacto se levarmos em consideração os teclados de tamanho Full size. Ele consegue ser menor até mesmo que alguns modelos compactos, como foi o caso do Logitech MK220:


A seguir citarei algumas vantagens que eu considero que os teclados mecânicos possuem em relação aos de membrana e vice-versa, além do TKL, de acordo com o meu ponto de vista:

Vantagens de um teclado mecânico

  • São mais confortáveis para jogar e digitar;
  • Possuem feedback tátil e sonoro;
  • São mais duráveis;
  • São mais customizáveis.

Vantagens de um teclado de membrana

  • São mais baratos;
  • São mais silenciosos;
  • São mais leves;
  • São mais finos.

Vantagens de um teclado TKL

  • São mais compactos;
  • São mais leves que os teclados mecânicos convencionais;
  • São mais baratos, considerando os modelos de entrada;
  • Deixam mais espaço para movimentação do mouse.

Assim como seus irmãos mais caros, o Redragon APS possui a tecnologia Chroma RGB que oferece com muitos modos de exibição e customização de cores no espectro RGB. É possível alterar esses modelos através das teclas de atalho no próprio teclado ou no utilitário de customização da própria fabricante. O software é bastante simples e intuitivo de utilzar.


Conclusão

O Redragon APS é um teclado mecânico que apesar de ser o primeiro que eu tive a experiência de utilizar já me deixou impressões positivas desde o início. Custanto cerca de 200 reais, este teclado consegue ser mais barato o Kumara RGB, custar o mesmo preço de um Dark Avenger RGB e custar pouca coisa mais que um Darksa, que é um dos modelos mais simples disponível, com a vantagem de possuir um design slim, RGB e conexão USB C removível.

A única resssalta fica por conta dos switches proprietários em relação um detalhe importantes: a durabilidade que eles entregarão. Somente o tempo dirá, mas se eles não herdarem os mesmos problemas de double click e queima comuns aos Outemu, menos mal. De todos os teclados que eu já utilizei, este com certeza foi um dos mais confortáveis - senão o mais - para digitação que eu já mexi. As teclas mais finas e o curso reduzido só incrementaram a experiência para jogos e digitação. É como se ele te convidasse para digitar eternamente!


Talvez a única desvantagem a se considerar, além do fato de não possuir teclado numérico, seja a questão da pinagem dos switches serem fora do padrão. Isso faz com que não seja possível trocá-los por qualquer outro tipo justamente por causa da pinagem ser fora do padrão, o que pode indicar uma desvantagem muito séria para aqueles que desejam adquirir este modelo com pretensões de trocar os switches.

Fora isso, o Redragon APS traz boa construção, design low profile confortável, teclas na medida e sistema de iluminação interessante e de fácil customização. Para quem busca um teclado mecânico TKL barato com um desenho mais compacto e fino, considere este carinha, pois ele tem potencial para entregar um custo-benefício bem interessante.


Comentários

  1. Tudo o que eu queria era exatamente um review com fotos e um texto bem escrito, post massa demais valeu!

    ResponderExcluir
  2. Análise em texto e vídeo muito massa! Obrigado :)

    Vou ganhar um de aniversário este mês e a minha namorada comprou a versão com switches blue. Vou testar um tempo para ver a aceitação do pessoal lá de casa em relação ao barulho, mas também encomendei do aliexpress 100 unidades do Switch Redragon Low Profile Brown por apenas R$ 66.

    Fica a dica: também tem versão de switch red e black (lineares, silenciosos) [https://pt.aliexpress.com/item/1005005818694764.html?spm=a2g0o.order_list.order_list_main.5.7d3ccaa4sBh0mZ&gatewayAdapt=glo2bra]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Obrigado pelo feedback! O meu é na versão com switches blue, e o barulho não chega a incomodar tanto assim. Na verdade ele acaba dando uma resposta bem legal para jogos e digitação. Sim, existem outras versões de switches, embora os mais fáceis de encontrar no Brasil são os blue e brown.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como corrigir o problema da biometria no Samsung Galaxy A30 e derivados

Como transmitir o áudio do PC para o Smartphone Android

Como instalar aplicativos incompatíveis no iPhone 4, 5, iPad 3 e similares