IOS 15.1 no iPhone 6S: vale a pena atualizar?


Pois é pessoal! Não sei o que é mais surpreendente, um aparelho lançado em 2015 ainda receber atualizações do sistema ou a capacidade dele ainda conseguir rodar. Realmente este é um grande diferencial quando comparamos os aparelhos da Apple com dispositivos Android. Há pouco tempo surgiu a versão 15.1 do IOS com novas funcionalidades, e para a surpresa de muitos, assim como a minha, o iPhone 6S também recebeu. Porém, sabe-se que é comum novos recursos tornarem o sistema operacional mais completo, complexo e "pesado", o que pode gerar questões do tipo: será que vale a pena atualizar o iPhone 6S para o IOS 15.1 ou é melhor deixar pra lá? É isso que eu gostaria de discutir neste post!


A mensagem sobre a atualização surgiu há poucas semanas no próprio iTunes. Porém, até o momento eu recusei a notificação. Como ainda tenho em mãos um iPhone 6S rodando a versão 14.4 do IOS, pensei em finalmente arriscar e mostrar para vocês o que acontece! 


Iniciando os testes

Para ter uma ideia geral se a atualização aumentou ou não o desempenho do iPhone, eu considerei dois parâmetros triviais para a execução de dois testes bem simples: desempenho geral e bateria. Com o aparelho rodando o IOS 14.4, executei dois aplicativos de benchmark: o Battery Testing e o AnTuTu Benchmark, ambos disponíveis na AppStore. O primeiro app realiza um teste de benchmark da bateria enquanto que o segundo realiza um teste de desempenho geral. Após o término, eu atualizei o sistema para a versão sugerida (15.1) e repeti os mesmos testes.

Primeiramente esperei a bateria carregar em até 100 por cento antes de começar os testes. Sequencialmente, executei o aplicativo Battery Testing, mas para minha surpresa o app exigia que a bateria estivesse abaixo de 100 por cento. Então para não perder tempo, deixei ele para depois e executei o AnTuTu primeiro com nenhum aplicativo rodando em segundo plano. Após a conclusão do teste, chegou a hora de executar o Battery Testing. Deixei o teste em execução e aguardei alguns minutos. 


Resultados

Após a execução dos dois aplicativos, chegamos aos resultados do iPhone 6S rodando o IOS 14.4. As imagens a seguir mostram os resultados obtidos do Battery Testing (esquerda) e do AnTuTu (direita):


Como podemos ver, o iPhone rotando a versão anterior do IOS conseguiu 255 pontos no Battery Testing e 213407 pontos no AnTuTu, com um consumo aproximado de 4 por cento de bateria ao final dos testes. Com os resultados em mãos, tive condições de prosseguir o experimento e finalmente dei início ao processo de atualização do IOS.

Após a conclusão da atualização, que demorou cerca de meia hora, utilizei o aparelho durante o restante do dia para observar se houve alguma mudança de desempenho no uso diário em relação ao consumo de bateria e ao desempenho geral. Aparentemente se houve diferença, pelo menos nesse caso ficou muito pouco perceptível. Realmente é muito difícil notar se o aparelho está mais lento ou se a bateria está durando menos. Deu para perceber pelo menos que alguns elementos visuais como botões de notificação e animações de widgets mudaram levemente, além das novas funcionalidades presentes na nova versão, que são muitas:

  • Suporte ao Share Play, que permite sincronizar listas de reprodução de músicas ou vídeos durante uma videochamada no FaceTime
  • Novo recurso "Compartilhado com você", que exibe sites, músicas, fotos e outros conteúdos enviados para você no app Mensagens
  • Novos modos de silenciamento como o modo Foco, que silencias as notificações conforme o perfil escolhido
  • Opção de agendamento das notificações, que permite agrupá-las em grupos e recebê-las no horário mais conveniente
  • Organização das abas em grupos no Safari, além da barra de endereço que mudou de posição e passou a ser exibida na parte inferior da tela
  • Agora é possível convidar qualquer pessoa para participar do FaceTime com o envio de apenas um link
  • Tradução de textos em aplicativos e arquivos em PDF
  • Mudanças visuais e melhorias de segurança nos apps nativos

Teve uma outra funcionalidade muito legal que foi incorporada ao IOS 15 que foi a possibilidade de enviar fotos, vídeos ou documentos diretamente para outro app com um simples gesto de tocar e arrastar, dispensando a necessidade de acessar opções de compartilhamento/envio de arquivos como utilizamos no Android e no próprio IOS:


Para ajudar a ter um norte, no dia seguinte eu dei continuidade aos testes executando os mesmos dois aplicativos de benchmark, mas dessa vez com a versão 15.1 do IOS. Então deixei a bateria carregando até 100 por cento novamente e executei os dois testes, começando pelo AnTuTu, seguido pelo Battery Testing sob as mesmas condições do teste anterior. As imagens a seguir mostram os resultados obtidos pelo Battery Testing (esquerda) e pelo AnTuTu (direita):


Agora vamos comparar as diferenças de pontuação antes e depois da atualização do IOS:



Como podemos observar, uma simples atualização do sistema pode sim impactar no desempenho, porém a diferença foi tão pouco significativa ao ponto de não atingir nem ao menos dois por cento na pior das situações. No Battery Testing, por exemplo, a diferença chegou a apenas um ponto enquanto que no AnTuTu chegou a menos de 4 mil. O primeiro teste consumiu aproximadamente 4 por cento de bateria enquanto que no segundo seis. Considerando que o celular foi carregado até cem por cento porém no primeiro teste o aparelho permaneceu alguns minutos a mais na tomada, então existe a possibilidade do IOS ter medido a porcentagem com baixa precisão.


Conclusão

O IOS 15 chegou repleto de funcionalidades, muitos deles interessantes e realmente úteis. É impressionante um aparelho de 2015 ainda conseguir rodar - e bem - uma versão atualizada do sistema operacional. A pontuação nos dois testes foi menor após a atualização do sistema, porém a diferença foi tão sutil que no fim das contas tivemos um empate técnico. Dito isso, para quem deseja atualizar o seu antigo aparelho e esta com medo dele perder desempenho, não fique tão preocupado, pois a diferença será imperceptível no uso geral e de brinde você terá a oportunidade de usufruir de novos recursos muito úteis do IOS 15 em um aparelho relativamente antigo.

Espero que esse post tenha ajudado na decisão de atualizar o iPhone 6S ou não.

Até a próxima!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como corrigir o problema da biometria no Samsung Galaxy A30 e derivados

Como instalar aplicativos incompatíveis no iPhone 4, 5, iPad 3 e similares

iPhone 6S em 2021: ainda vale a pena?

Como recolocar uma película de Smartphone/Tablet sem deixar resíduos

Como obter as imagens em destaque da tela de bloqueio do Windows 10

Como transformar o cartão SD em memória interna

Como fazer dual boot com o Zorin OS 16

Instalando o Zorin OS no PC

Melhores Apps para Escrita

Como corrigir a falha do dual boot do Manjaro após a atualização do Windows