Fotografia - em busca do foco perfeito


Olá pessoal! Gostaria de deixar algumas dicas sobre fotografia que costumo utilizar para auxiliá-los na busca pelo foco perfeito durante as composições nos mais diferentes cenários que podemos encontrar. Espero que ao menos uma delas seja útil!

Tão importante quanto qualquer outro parâmetro na fotografia, o foco indica e determina o caminho da composição, aonde você quer enfatizar ou ocultar no assunto. Ele pode criar muitos efeitos e sensações quando combinado com outros fatores, como sensibilidade, exposição e cor. Para compor retratos, selfies e fotografias próximas, é muito comum ajustar o foco com abertura do diafragma pequena e distância focal mínima. Já para criar efeitos de profundidade de campo, como os retratos com fundo desfocado, existem algumas técnicas.




Retrato com fundo desfocado

Muito utilizado desde os primórdios da fotografia, essa é a forma mais querida entre os fotógrafos na hora de criar retratos de pessoas, animais ou objetos. Com o advento da tecnologia, hoje é possível criar retratos incríveis com o Smartphone, seja por meio do conjunto de lentes, câmera dupla ou via Software. Mas como é possível fotografar assim com as câmeras digitais ou analógicas? O princípio para conseguir essas fotos é bastante simples, basta usar a profundidade de campo a seu favor. Para criar este efeito, é importante que o assunto em questão esteja em primeiro plano, isto é, a uma distância razoável do fotógrafo e o fundo esteja o mais distante possível. Quanto mais distante, mais desfocado será. Aproxime um pouco o objeto com o Zoom, acione o foco central ou seletor, caso o assunto não esteja no centro, e voilá! Seu retrato com fundo desfocado está pronto!

Macrografia

A fotografia macro é a captura de imagens de objetos, animais ou coisas pequenas. A distância entre o objeto e a câmera está relacionada ao tamanho do objeto e do sensor de imagens. Teoricamente, quanto maior for o tamanho do objeto, maior será a distância entre ele e a câmera. Com o conjunto de lentes adequado, é possível transpor essa barreira. Hoje em dia é comum encontrarmos câmeras compactas avançadas ou simples com conjunto de lentes bastante flexível, permitindo fotografar coisas bem próximas, algumas com macros a incríveis 0 centímetros. O cenário torna-se mais complexo no mundo das DSLR, onde existem lentes específicas para cada necessidade, além de câmeras com sensores e comportamentos diferentes. De modo geral, é importante ter em mente ao menos duas coisas na hora de fotografar: 1 - Use um monopé ou tripe: ele fará toda a diferença entre produzir uma imagem bela ou terrível. É muito fácil criar fotos tremidas na macrografia, principalmente quando desejamos fotografar insetos. Com o tripé, tudo fica mais fácil. 2 - use o foco manual: pois muitas vezes, ao utilizarmos o foco automático, é possível que a câmera focalize regiões que não queremos, além de aumentar as chances de uma trepidação. É aconselhável utilizar o foco manual da seguinte forma: primeiramente, focalize o objeto, mantenha o foco nessa posição e depois realize o disparo.

Fonte: Fotografando.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como controlar as músicas do Spotify com a Mi Band 2/3

Como controlar a câmera com a MiBand 3/4

Como corrigir problemas de conexão Wi-fi no Manjaro Linux ou Fedora

Testando a câmera esportiva Navcity NG100 Plus

Como controlar apresentações de slides com a MiBand