Como controlar a luz na fotografia


Certamente a luz é um dos elementos mais mágicos e incríveis na arte de fotografar. Ela dá vida, alegria e energia, mas também consegue transmitir nostalgia, a tranquilidade de um fim de tarde e até mesmo melancolia, quando combinada com outros elementos. Sem luz não existiria fotografia! Por isso é muito importante saber lidar com ela e usá-la a seu favor.

Com a Luz

Fotografar a favor da luz é muito utilizada, além de ser um artifício essencial em retratos, paisagens, macros e o que a criatividade permitir. Ela ajuda a realçar e destacar totalmente o assunto em questão, além de modificar a temperatura, cor ou brilho da pessoa, do objeto, da paisagem, da vegetação ou do animal, entre outros atributos.
Se a intensidade da luz estiver muito alta, talvez seja interessante utilizar baixa sensiblidade ISO, baixo intervalo de disparo do obturador e a menor abertura possível, garantindo a maior passagem de luz ao sensor ou filme. Esses são os ingredientes básicos para quem deseja criar retratos com o fundo desfocado, além de evitar possíveis trepidações.
Se deseja fotografar paisagens e coisas mais distantes, vale o oposto. Talvez uma sensibilidade ISO mais baixa, um intervalo de disparo médio, respeitando a faixa de 1/30 segundos para evitar borrões indesejados e a maior abertura da lente possível, garantindo a menor passagem de luz e a a maior distância focal, seja mais interessante para dar ênfase ao que está longe. Pense como os nossos olhos enxergam as coisas!

Contra a Luz

É preciso muito cuidado ao fotografar contra qualquer fonte de luz, pois da maneira correta ela criará imagens lindas e maravilhosas, mas da forma incorreta poderá criar um completo desastre!
Durante minhas fotografias esporádicas, eu costumo ter em mente duas situações: se houver pôr do sol, é possível e interessante fotografar coisas contra a luz. Mas se for uma tarde ensolarada, fique de costas para o sol e utilize-o para iluminar o ambiente ou então fique de frente para ele e use e abuse da magia do flare.


Mas isso não é regra. Também é possível criar imagens muito bem iluminadas contra o sol forte (o flare e o glare que o digam!). Uma tomada contra a luz em perfil, seja ao amanhecer, ao sol do meio dia ou até mesmo ao entardecer, permite explorar o efeito flare, como a imagem ao lado. O flare cria um charme à parte em qualquer foto. Não é à toa que ele foi inspiração para a criação de muitos tipos de filtros de pós processamento de imagens, como vimos no Instagram, Photoshop, Cymera, Softwares de edição/criação de vídeos e em muitas outras aplicações.

Fonte: Fotografando.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como controlar as músicas do Spotify com a Mi Band 2/3

Testando a câmera esportiva Navcity NG100 Plus

Como obter o Packet Tracer gratuitamente

Como controlar a câmera com a MiBand 3/4

Como recolocar uma película de Smartphone/Tablet sem deixar resíduos