Como acelerar a internet discada - Dicas da Net

Dicas da Net

Tudo sobre o Mundo da Tecnologia.

domingo, 16 de novembro de 2008

Como acelerar a internet discada

Embora a banda larga tenha avançado bastante no Brasil nos últimos anos, muitos usuários ainda navegam na web pela linha discada por dois motivos: a conexão rápida não chegou a todas as regiões do país e porque muitos não conseguem arcar com os custos da internet veloz.

Além de encarecer a conta telefônica, a lentidão apresentada pelo chamado acesso dial up é o principal problema enfrentado pelas pessoas que ainda dependem deste tipo de conexão. No entanto, há algumas medidas que podem amenizar o problema da baixa velocidade, ainda que elas se mostrem um tanto quanto limitadas. Assim como, por exemplo, um carro que precisa das “condições ideais” para alcançar sua velocidade máxima, o mesmo se aplica às conexões discadas. Veja a seguir algumas dicas de como melhorar a sua navegação:


1. Qual é o tipo da sua linha telefônica? A velocidade máxima usada na maioria dos modems de conexão discada pode chegar a 56kbps. No entanto, para atingir esta taxa de transferência de dados, é necessário que o sinal, que conecta seu PC com os servidores do provedor, esteja muito limpo. Mas as linhas telefônicas – em muitas regiões do Brasil - não estão à altura da tarefa. Caso você note que a velocidade de sua conexão esteja demasiadamente lenta - se você ouvir ruídos durante uma conversa comum – vale pedir para a companhia telefônica verificar a conexão e os fios que vão até a sua casa.

2. Verifique a fiação interna Uma boa fiação exerce grande influência na qualidade da sua conexão. Verifique os fios da caixa de telefone da sua casa até o computador. As péssimas condições podem influenciar no desempenho da linha telefônica, incluindo aí quedas da conexão e redução de velocidade. Caso você não entenda muito deste assunto, aconselhamos a consulta a um especialista para dar aquela olhadinha no “emaranhado”.

3. Teste diferentes números do provedorTente discar um número de acesso diferente para seu provedor. A maioria deles oferece mais de uma opção para uma determinada região, e algumas linhas podem ficar sobrecarregadas, limitando a sua velocidade. Certifique-se também de que a taxa de transmissão do número discado é compatível com a velocidade do seu modem. Algumas cidades mais distantes podem oferecer tecnologias distintas em suas conexões. Portanto, verifique junto ao suporte técnico do seu provedor se ele utiliza o máximo oferecido pela linha telefônica.

4. Otimize o modem Você pode conectar-se mais rápido instruindo seu modem a não executar tarefas desnecessárias, já pré-programadas pelo fabricante. Consulte o suporte técnico de seu provedor de internet. Ele poderá ajudá-lo a verificar as configurações para ajuste.

5. Qual o seu tipo de modem? A maioria dos modems pertence ao padrão winmodem de uso interno ou externo. Mas há também os modelos intitulados hardmodem, que são instalados dentro do PC e são muito parecidos com os convencionais. Porém, funciona de forma mais independente do computador. Ele possui memórias e um processador próprios em sua placa de circuitos. Por causa do preço acessível, muitos internautas usam o winmodem, também conhecido como softmodem. Ao contrário do hardmodem este modelo não possui memórias e processador próprios. Assim esses recursos são acessados do computador, diminuindo a capacidade de processamento da máquina e também a velocidade da conexão.

6. Programas aceleradores de conexão Há controvérsia sobre a eficiência destes programas, muito procurados pelos usuários para tentar acelerar a conexão discada. Eles se baseiam na compressão de dados pra aumentar o desempenho da navegação e, ao mesmo tempo, guardam um “cache” das páginas mais visitadas, para carregá-las mais rapidamente.Esta opção tem seus prós e contras: ela realmente acelera um pouco a abertura das páginas mais visitadas, tornando a navegação mais agradável, mas nem sempre atualiza os sites acessados por completo. Só funciona para a navegação, sem auxiliar no acesso ao seu e-mail ou no carregamento de outros programas, como comunicadores instantâneos e redes P2P. A compressão nos arquivos pode também reduzir a qualidade das imagens das páginas, o que nem sempre pode agradar. Caso seu interesse seja acelerar seus downloads, é melhor usar um gerenciador para baixar conteúdos, que divide os arquivos em várias partes para descarregá-los simultaneamente.

7. Utilize um discador Segundo as operadoras, uma das melhores formas de acelerar a conexão é utilizar um discador. Quase todas oferecem algum tipo de discador, que nada mais é que um gerenciador de conexão com a internet. Segundo, as prestadoras de serviços, a vantagem desses programas é a facilidade com que se conectam com o provedor, acelerando a conexão e monitorando a sua linha.


8 - Faça as contas para ver se vale a pena contratar um serviço de banda larga Se ainda assim, você continuar insatisfeito com a sua velocidade de conexão, avalie as opções de banda larga, caso este serviço esteja disponível na sua região. Faça as contas dos seus gastos com dial up e veja se vale a pena navegar na web por esse sistema. Atualmente, as operadoras de telefonia e cabo oferecem pacotes básicos de internet veloz a partir de R$ 50. Isto sem a mensalidade do provedor, cuja contratação ainda está sendo questionada na Justiça. Mas no caso das operadoras de TV por assinatura, não há necessidade de ter esse serviço. Some quanto você gasta atualmente com provedor e com telefone, já que o dial up, segura sua linha. É importante verificar também para que você precisa da internet e quanto tempo utiliza. É com base nessas informações que você decidirá que modelo cabe no seu bolso.

Fonte do conteúdo wnews.uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tire suas dúvidas, deixe um comentário!